Os Vizinhos de Cima

PT

BREVEMENTE/ TEATRO VILLARET, LISBOA
Horário: Quinta-Feira a Sábado às 21h00 / Domingo às 16h30
Bilhetes: 18€

OS VIZINHOS DE CIMA
 é uma comédia que faz uma reflexão sobre a vida conjugal e a sexualidade através de dois casais que vivem no mesmo edifício. Um texto fresco e ágil no qual Cesc Gay aborda com ironia e humor temas como a convivência, a coragem, o sexo, o amor e as aparências. Um casal convida os seus vizinhos de cima para jantarem em sua casa. À medida que noite avança o casal toma conhecimento das loucuras sexuais dos seus vizinhos, o que os leva a repensar a sua própria relação — repleta de repressões e imersa em monotonia. O confronto com a vida dos vizinhos de cima vai levá-los ao limite e fazê-los tomar algumas decisões no que diz respeito à sua relação. Ana Brito e CunhaFernanda SerranoPedro Lima e Rui Melo dão corpo às intensas personagens de um espectáculo que o vai pôr a reflectir – e a rir!- sobre o que se passa entre quatro paredes.

OS VIZINHOS DE CIMA marca a estreia no teatro do cineasta Cesc Gay. Estreado primeiro Barcelona, converteu-se rapidamente no grande sucesso da temporada, esgotando todas as apresentações e batendo recordes de espectadores. Chegou mais tarde a Madrid, onde registou um sucesso imediato junto da crítica e do público.

“Sem dúvida, uma das maiores e mais ambiciosas aventuras que podemos experimentar é viver em casal. Um grande desafio, cheio de adversidades e obstáculos em que a luta acontece diariamente, as trincheiras são infinitas e o consolo às feridas e arranhões sofridos é muitas vezes escasso e pouco saudável. Mesmo assim, inexplicavelmente homens e mulheres continuam a tentar. Por essa razão, estou convencido de que só com ironia e sentido de humor é possível escrever sobre essa tragédia que nos assombra desde o início dos tempos e da qual não podemos escapar. E o que é que os vizinhos de cima têm a ver com isso? Bem, eles são os culpados por estar a ler estas linhas agora. Há alguns anos atrás um casal mudou-se para o andar por cima do meu – onde vivo com a minha família. Quase de imediato começámos a ouvir ruídos estranhos, a qualquer momento ou hora do dia, sempre acompanhados de uma grande variedade de gemidos. Certamente que para mim, isto foi uma inspiração, e de forma inconsciente, acabou por dar origem ao que seria a minha primeira peça para teatro.” Cesc Gay

Texto 
Cesc Gay Encenação Maria Henrique Tradução Maria João Rocha Afonso Música Original Filipe Melo Cenário e Adereços Rui Filipe Lopes Figurinos Isabel Carmona Desenho de Luz Luís DuarteProdução Força de Produção

Com Ana Brito e Cunha, Fernanda Serrano, Pedro Lima e Rui Melo 

EN

SOON / THEATER VILLARET, LISBON
Hours: Thursday to Saturday at 9:00 p.m. / Sunday at 4:30 p.m.
Tickets: € 18

THE NEIGHBORS UPSTAIRS is a comedy that reflects on married life and sexuality through two couples living in the same building. A fresh and agile text in which Cesc Gay approaches with irony and humor subjects such as coexistence, courage, sex, love, and appearances. A couple invites their neighbors upstairs to dine at their house. As the night progresses the couple becomes aware of the sexual madness of their neighbors, which leads them to rethink their own relationship – replete with repression and immersed in monotony. The confrontation with the lives of the neighbors above will take them to the limit and make them make some decisions with regard to their relationship. Ana Brito and Cunha, Fernanda Serrano, Pedro Lima and Rui Melo give body to the intense characters of a show that will make you think – and laugh! – about what goes on between four walls.

THE NEIGHBORS UPSTAIRS marks the premiere at the theater of filmmaker Cesc Gay. First debuted in Barcelona, it quickly became the great success of the season, exhausting all the presentations and breaking records of spectators. He arrived later to Madrid, where he registered an immediate success with the critics and the public.

“Undoubtedly, one of the greatest and most ambitious adventures we can experience is living as a couple. A great challenge, full of adversities and obstacles in which the struggle takes place daily, the trenches are endless and the comfort to the wounds and scratches suffered is often scarce and unhealthy, yet inexplicably men and women continue to try and for this reason I am convinced that it is only with irony and sense of humor that it is possible to write about this tragedy that has haunted us since the beginning of time and which we can not And a couple of years ago a couple moved to the floor above mine – where I live. We almost immediately began to hear strange noises, at any moment or time of day, always accompanied by a great variety of moans. Certainly for me, this was an inspiration, and unconsciously, eventually gave rise to what would be my first play for theater. “Cesc Gay

Text Cesc Gay Staging Maria Henrique Translate Maria João Rocha Afonso Original Music Filipe Melo Set Design and Adornments Rui Filipe Lopes Costumes Isabel Carmona Light Design Luís Duarte Production Força de Produção

With Ana Brito e Cunha, Fernanda Serrano, Pedro Lima and Rui Melo